Subscreva a nossa Newsletter:





 
 

CONCERTO DE NATAL A ALEGRIA CONTAGIOU O PÚBLICO

O Concerto de Natal pelo Coro do Círculo Cultural Scalabitano, sob a direcção do maestro António Matias, que decorreu, no Salão de Sessões da Junta de Freguesia provou que a música coral não é uma “coisa chata” e que pode entusiasmar as pessoas, tornando-se interactiva. Para além de celebrar o Natal, o programa começou “a capella”, com bonitas duas composições do século XVI e passou para a música francesa tradicional da quadra, tendo percorrido o mundo, não só com cânticos religiosos de evocação popular, da Espanha, ao Reino Unido e Estados Unidos da América, como, com outros números conhecidos do grande público mundial.

Em destaque, já com acompanhamento musical, muito aplaudida pelos presentes, a portuguesa “Balada de Outono”, na bela voz de um solista, tenor, e de todo o Coro.

Na recta final, num tom muito descontraído, o maestro contagiou o público, com “Noite Feliz”, “Adeste Fidelis” (composição atribuída ao Rei D. João IV) e “É Natal”, em vários ritmos, com que finalizou o Concerto, e que foi obrigado a bisar.

A Presidente da Junta de Freguesia, Salomé Vieira, fez os agradecimentos, lembrou o “Terra Nostra”, sob a direcção do maestro Santos Rosa, deu as Boas Festas, entregou uma lembrança, e acabou por integrar o Coro, durante o último número.

“BOAS FESTAS!


Este é o Concerto de Natal, que a Junta proporciona à Freguesia. É uma honra receber, para o efeito, o Coro do Círculo Cultural Scalabitano, sob a direcção do Maestro António Matias, que, em boa hora, aceitou o nosso convite, para mais este regresso.

Com as “simbólicas” iluminações de Natal, cuja sobriedade as dificuldades que vivemos justificam, este Concerto é mais uma forma de desejar Boas Festas à população da Freguesia.

Pela primeira vez, o Salão de Sessões da Autarquia, a casa comum de todos, recebe uma iniciativa do género, e isso é motivo de regozijo.

Mais um ano chegou ao fim, o primeiro do actual mandato, com a consciência do dever cumprido, apesar de todas as dificuldades e limitações que a conjuntura impõe, mas, com o sentimento de ter contribuído para a unidade dos Pernenses e o prestígio da Freguesia.

É sempre possível fazer mais e melhor, com o contributo e a colaboração de todos. Bem hajam pela presença.


BOAS FESTAS! A JUNTA DE FREGUESIA DE PERNES



Voltar